O impacto do blockchain no marketing e como a tecnologia
Faculdade Victor Hugo
MENUMENU

O impacto do blockchain no marketing

Como a tecnologia pode transformar desafios em oportunidades

Faz tempo que “blockchain” deixou de ser uma buzzword

Faz tempo que “blockchain” deixou de ser uma buzzword — ou seja, uma palavra nova que causa grande alvoroço, sem tanta concretude. Por maior que seja a polêmica em torno da tecnologia (de onde vieram as criptomoedas, como o bitcoin), a cadeia de blocos distribuídos e compartilhados veio para ficar. De acordo com este artigo da FastCompany, 2018 será o ano da tecnologia, inclusive no marketing. Por isso, quanto antes você entender o impacto do blockchain no marketing, sobretudo o digital, melhor será para a sua empresa, agência ou clientes.

Retomando o conceito de blockchain

Muitos de nós mencionam os conceitos atuais sem conhecê-los de verdade. No caso do blockchain, não é diferente. Então, vale recapitular. A tecnologia permite que uma cadeia de blocos, distribuídos e compartilhados, gere um índice global de transações de um determinado mercado.

Em outras palavras: imagine um livro contábil colaborativo. Um ambiente em que todas as transações e todos os registros estejam abertos. Toda essa informação pública do que é colocado à disposição cria consenso e confiança. Qualquer um pode incluir algo, assim como todos podem vigiar se algo está errado. Em resumo, o blockchain é isso.

Neste artigo aqui do blog, você tem mais informações sobre o blockchain.

Quais são os impactos (e as oportunidades) do blockchain no marketing?

A revista Forbes fez esta pergunta aos membros de seu Agency Counsil (Conselho de Agências). Mais especificamente, a questão foi a seguinte: “o que o crescimento do blockchain significa para o marketing digital?”

As respostas foram listadas neste artigo. Abaixo, vamos abordar as principais:

1. O “intermediário” poderá ser removido e a confiança vai aumentar

Para Lisa Allocca, da agência norte-americana de relações de públicas Red Javelin Communications, assim como muitas tecnologias emergentes, ainda é muito cedo para avaliar corretamente os impactos do blockchain no marketing.

Mas, para ela, um fato é incontestável: “a tecnologia poderá, no futuro, ‘remover o agente intermediário’ em propaganda digital, ou seja, as ferramentas de busca como o Google, ou mesmo destronar as redes sociais”. É evidente que isto pode (e deve) levar muito tempo para ocorrer.

O pensamento de Trevor Chapman, fundador do Trevor Chapman Group, segue o mesmo caminho. Estrategista digital de renome, Chapman afirma que “as startups de marketing e agências já estão surgindo no espaço do blockchain. Elas têm como objetivo catalogar os comportamentos do usuário e oferecer algum tipo de sistema de crédito entre anunciantes e consumidores”.

De acordo com ele, esse processo removerá completamente os intermediários no gerenciamento de grandes mídias. E Chapman deixa um conselho: “seja inteligente. Deixe de ser um intermediário e seja a fonte”.

Mas, falando dos tempos atuais, tanto Allocca quanto Chapman também concordam: a transparência proporcionada pelo blockchain vai permitir relações de maior confiança entre marcas e seus públicos.

2. A entrega e o rastreamento de conteúdos serão transformados

Já de acordo com Todd Earwood, da empresa de monitoramento em marketing e vendas Money Path Marketing, a primeira área afetada em 2017 pela tecnologia de blockchain, mesmo que em uma escala menor, foi a entrega de conteúdos no formato de vídeo.

“Em 2018, esse impacto vai se estender para além do vídeo e atingir mais produtores de conteúdo”, afirma Earwood. Segundo ele, “esses profissionais vão amar o fato de poderem controlar a forma como seus ativos são entregues e de garantirem que eles são rastreados adequadamente”.

3. A indústria de verificação de fraudes vai aumentar

“A publicidade online é complexa quando se trata de garantir que a mídia seja comprada e entregue como pretendido”, afirma Ashley Walters, da agência de mídia Empower.

De acordo com ela, o blockchain no marketing vai tornar o processo mais transparente. “Prevejo que as empresas de verificação de fraude começarão, ou já começaram, a usar blockchain para avaliar como podem impedir que bots e outros mecanismos de fraude ‘roubem’ dinheiro das marcas. O blockchain vai permitir que verifiquemos quem, quando e onde veiculou as peças”, conclui.

Por que considerar o blockchain na sua estratégia?

Você já deve ter visto, por esses três pontos, que o blockchain no marketing trará riscos, mas sobretudo oportunidades para agências e empresas em geral. Mas este artigo da AdWeek é mais enfático sobre os motivos pelos quais a sua estratégia deve contemplar a tecnologia.

Porque o blockchain no marketing significa mais privacidade

Privacidade é uma preocupação capital para qualquer empresa que queira atingir pessoas. Com leis multiplicando-se países afora, será cada vez mais difícil, para profissionais de marketing e de publicidade, coletar as informações de usuários para usar em suas ações.

Isso posto, ao incorporar a tecnologia de blockchain no marketing, você poderá se antecipar a esse movimento regulatório ao oferecer “geofences” para os usuários. As geofences podem ser definidas como uma região geográfica virtual. A partir de coordenadas de GPS, delimita-se um perímetro que deve ser monitorado e, com a criação da geofence, os usuários podem ser notificados de quando entram e/ou saem dessa área demarcada.

Porque ajuda a encontrar a identidade dos consumidores

Conforme afirmaram Lisa Allocca e Trevor Chapman, o blockchain permite que os anunciantes e os públicos se conectem de forma mais direta, em um ambiente de maior segurança. No contexto de B2B, o principal desafio é associar um indivíduo à companhia para a qual ele trabalha, de modo a proporcionar que empresas se relacionem com estes perfis de alto valor.

Para isso, você pode começar a identificar os indivíduos usando uma chave pública na cadeia de blocos. Essa chave pode ser usada de modo a rastrear o potencial consumidor e seu comportamento de compra.

 

Fonte: Runrun.it

Mantenha-se Informado

Nós podemos te enviar artigos fantásticos! Veja as vantagens:

  • Não é preciso ser aluno para receber nossos artigos;
  • Não encheremos sua caixa de entrada com SPAM;
  • Não receberá aquilo que não é do seu interesse;
  • Não existe qualquer taxa, é gratuito!

Você poderá cancelar sua assinatura a qualquer momento!

Artigos recentes