A importância do ensino de artes nas escolas é maior do que você imagina – Faculdade Victor Hugo
Faculdade Victor Hugo
MENUMENU

A importância do ensino de artes nas escolas é maior do que você imagina

A importância do processo criador do estudante deve se revelar nas atividades artísticas

A Arte, como expressão humana, por meio de diferentes linguagens – Dança, Teatro, Música e Artes Visuais – , propõe-se a trazer, além da representação de fatos, emoções e concepções do ser humano sobre si mesmo e sobre o mundo que o cerca, novas formas de refletir sobre esse universo e sobre as relações que nele se estabelecem, contextualizadas em seus respectivos períodos históricos.

Aquele que pratica a arte vivencia diversas experiências, que envolvem diálogos consigo mesmo, com o outro e com o seu entorno, possibilitando crescimentos intelectual, cognitivo, social, comunicacional e em outras áreas da sua vida, seja qual for sua idade ou seu nível de escolaridade.

O contato com a arte, a princípio, dá-se por meio dos sentidos – principalmente a visão, a audição e o tato -, que ativam memórias, experiências ou percepções anteriores. Esses sentidos suscitam diversas reações subjetivas e levam o espectador/apreciador a identificar-se com aspectos presentes na obra ou possibilitam colher nela informações.

A Arte, como disciplina presente na escola, com a mediação do professor, leva os alunos a se expressarem, a conhecerem e a perceberem realidades objetivas e subjetivas pertinentes a outros indivíduos, sociedades e épocas e a experienciarem novos patamares de compreensão do mundo e da vida. O contato dos alunos com as produções artísticas de diferentes sociedades, povos e épocas depende, em grande medida, da educação formal.

E, nesse contexto, entra o conteúdo de Artes na Educação Básica, onde o professor serve de mediador para propiciar ao estudante a entrada nesse mundo rico e vastíssimo. A importância do processo criador do estudante deve se revelar nas atividades artísticas onde as crianças possam trabalhar de maneira lúdica, criar suas próprias regras e estabelecer mecanismos de criação que a tornem apta a produzir seus trabalhos de maneira autônoma e crítica, sabendo fruir, apreciar e contextualizar o próprio conhecimento.

Uma proposta consistente para a Arte nas escolas não pode, por si só, provocar todas as mudanças necessárias para a construção de uma sociedade mais humana e solidária, mas uma ação consistente de educação pela Arte nas escolas pode cooperar de forma significativa para a construção de uma nova filosofia e uma estrutura inteiramente nova nos sistemas de ensino contribuindo, em muito, para a tão sonhada mudança no país que todos nós tanto almejamos.

Para promover essa mudança, o pedagogo deve conhecer e dominar as técnicas e procedimentos artísticos, possibilitando um desenvolvimento saudável e constante ao aluno. Conheça nosso Curso de Extensão em Artes – Técnicas e Procedimentos, faça sua inscrição e torne-se parte da mudança!

Texto Compilado por Daianna Pompeu

Mantenha-se Informado

Nós podemos te enviar artigos fantásticos de Administração! Veja as vantagens:

  • Não é preciso ser aluno para receber nossos artigos;
  • Não encheremos sua caixa de entrada com SPAM;
  • Não receberá aquilo que não é do seu interesse;
  • Não existe qualquer taxa, é gratuito!

Você poderá cancelar sua assinatura a qualquer momento!

O que você quer receber?

Artigos recentes