Como a tecnologia pode melhorar a vida das pessoas? – Faculdade Victor Hugo
Faculdade Victor Hugo
MENUMENU

Como a tecnologia pode melhorar a vida das pessoas?

Não é apenas dar aula! Conheça as diferentes vertentes e possibilidades da carreira de um historiador.

O uso da tecnologia está presente a todo momento, desde a hora que acordamos até quando vamos dormir. Graças a ela, podemos verificar e-mails, conferir mensagens de WhatsApp, curtir uma música ou mesmo engatar uma meditação enquanto escutamos um áudio relaxante.

O uso da tecnologia está presente a todo momento, desde a hora que acordamos até quando vamos dormir. Graças a ela, podemos verificar e-mails, conferir mensagens de WhatsApp, curtir uma música ou mesmo engatar uma meditação enquanto escutamos um áudio relaxante.

Muitos – como eu – já acordam de olho no celular, espiando a agenda para programar o dia, checando a previsão do trânsito e do clima para decidir quando e como sair de casa, e acessando mensageiros e serviços de e-mail para ficar por dentro das novidades. Claro que tudo Isso facilita muito para que possamos ter uma vida digital mais flexível.

Ainda que esse cenário seja rotina para muitos, o mundo precisa que a tecnologia ajude com muito mais. Afinal, como podemos nós, seres humanos, com o uso da tecnologia, fazer a diferença para a sociedade e de forma exponencial?

Recentemente, em 2017, tive a oportunidade de ir ao Summit da Singularity University, em São Francisco. Lá, foi dito que, até 2050, dois terços da população – ou mais de 6 bilhões de pessoas – devem viver em áreas urbanizadas. Ou seja, as tecnologias exponenciais mudarão radicalmente a maneira como construiremos e organizaremos nossas cidades no futuro. É interessante notar, no entanto, que, quando falamos nessas cidades, falamos de locais seguros para a população.

Porém, como fazer dessas localidades um refúgio seguro se, eventualmente, elas podem sofrer os efeitos de um desastre natural? As forças da natureza podem causar uma grande destruição social, afetando indivíduos, comunidades, cidades ou até mesmo um país inteiro. Com tantos desastres acontecendo e impactando a vida de tantas pessoas ao redor do mundo, veja o que diz a ONU Brasil sobre o assunto:

“Catástrofes naturais fazem com que, anualmente, 24 milhões de indivíduos sejam levados à miséria, alertou o secretário-geral da ONU, António Guterres. O dirigente pediu mais compromisso com marcos globais para combater a ameaça dos desastres. Segundo o novo relatório do Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres (UNISDR), fenômenos extremos deslocam cerca de 14 milhões de pessoas por ano. Produzida a partir de dados de 204 países, a pesquisa do UNISDR alerta que, dos dez países mais suscetíveis à destruição e consequente migração associada aos fenômenos extremos, oito são do Sul e Sudeste da Ásia.”

Fonte: Computer World

Mantenha-se Informado

Nós podemos te enviar artigos fantásticos! Veja as vantagens:

  • Não é preciso ser aluno para receber nossos artigos;
  • Não encheremos sua caixa de entrada com SPAM;
  • Não receberá aquilo que não é do seu interesse;
  • Não existe qualquer taxa, é gratuito!

Você poderá cancelar sua assinatura a qualquer momento!

Artigos recentes