8 erros que te impedem de aprender como ser confiante
Faculdade Victor Hugo
MENUMENU

8 erros que te impedem de aprender como ser confiante

A confiança é a expectativa de um resultado positivo e não um traço de personalidade.

A confiança é a expectativa de um resultado positivo e não um traço de personalidade.

Ter confiança no que se afirma e convicção no que acredita são traços importantes para a liderança de pessoas. São essas aptidões que criam uma força magnética entre uma pessoa e um grupo, seja em casa, no trabalho ou entre os amigos. Inconsistência não combina com liderança! Por isso, reunimos oito barreiras a serem enfrentadas, segundo o blog da Harvard Business Review para você aprender como ser confiante, e tornar a insegurança um sentimento raro na sua rotina.

Para a autora Rosabeth Moss Kanter, professora de Harvard, a confiança é a expectativa de um resultado positivo e não um traço de personalidade. É um investimento, um esforço que resulta em motivação. O que significa que está ao alcance de todos. Entenda quais são os obstáculos que você deve.

1. Assumir como verdade ilusões destrutivas

Se você acha que não pode, não conseguirá. Mulheres (sobretudo) de grande talento muitas vezes “desistem antes de desistir”, como diz Sheryl Sandberg, COO do Facebook, por assumirem que não serão promovidas (ou bem-sucedidas caso se tornem mães). Afinal, o que veem na maior parte dos casos são homens em cargos de liderança. E assim, passam a se fechar para oportunidades, num processo de autossabotagem. Mas, é preciso ter em mente que uma coisa é ser realista, outra é agir como um perdedor antes que o jogo termine.

2. Acreditar que só grandes realizações contam

Ter objetivos e metas muito grandes pode minar sua confiança se houver uma lacuna entre a meta e as ações cotidianas. Pois a confiança vem de pequenas vitórias que acontecem repetidamente – e cada passo aproxima você do seu objetivo maior. Pessoas que tem o poder de serem grandes realizadoras pensam grande e pequeno.

3. Comemorar vitória antes da hora

É o eterno dilema de quem entra para um regime alimentar: perder os primeiros quilos desperta tanta alegria que a comemoração vem com um pedação de bolo. Quando os quilos voltam, a pessoa se sente desencorajada e come ainda mais bolo para se sentir melhor. Outro caso é quando um time dá como certa sua vitória no campeonato por ter vencido um jogo. Tenha em mente: disciplina gera resultados e resultados geram autoconfiança.

4. Pensar que você pode fazer tudo sozinho(a)

Acreditar que o suporte de um sistema ou de outras pessoas é dispensável é uma armadilha perigosa. Para melhorar sua autoconfiança é preciso que os outros também se sintam confiantes numa cultura em que todos acreditam que podem ter sucesso. Ao mesmo tempo que você os ajuda, eles também irão ajudar você.

5. Culpar os outros em vez de admitir

Aprender como ser confiante tem a ver com se responsabilizar pelo próprio comportamento. Até nas situações mais difíceis, é possível escolher como agir. Se der errado, colocar a culpa em outras áreas ou em personagens externos minará a confiança do grupo. Confiança é a arte de seguir em frente.

6. Ficar sempre na defensiva

Uma coisa é escutar e responder críticas. Outra é respondê-las antes que sejam feitas. Não se defenda se não foi atacado. Peça desculpas pelos seus erros, e jamais pelo que você é.

7. Negligenciar fatos problemáticos

Confiança não é otimismo cego, que diz que tudo vai ficar bem não importa o que aconteça. Na verdade, haverá erros, problemas e pequenas perdas no caminho das grandes vitórias. A confiança aumenta quando você vê o que pode dar errado, pensa em alternativas e se sente preparado para qualquer coisa.

8. Confundir autoconfiança com arrogância

Não deixe que a confiança se transforme em arrogância – a diferença entre as duas é bem pequena. O excesso de confiança leva à desgraça economias inteiras, corrompe líderes ou pessoas que se sentem no direito de ter sucesso em vez de trabalharem por ele.

Arrogância leva à à cegueira e à surdez – armadilhas tanto para as pessoas quanto para empresas. Um pouco de humildade ajuda a ter arrogância moderada e a quantidade certa de confiança.

Como ser confiante ao liderar uma equipe?

Ao planejar bem as tarefas de uma equipe, passar demandas e cobrar de forma transparente e premiar bons exemplos, gestores ficam mais seguros de onde estão e para onde seguirão – o que irá refletir na produtividade de sua equipe.

 

Fonte: Runrun.it

Mantenha-se Informado

Nós podemos te enviar artigos fantásticos! Veja as vantagens:

  • Não é preciso ser aluno para receber nossos artigos;
  • Não encheremos sua caixa de entrada com SPAM;
  • Não receberá aquilo que não é do seu interesse;
  • Não existe qualquer taxa, é gratuito!

Você poderá cancelar sua assinatura a qualquer momento!

Artigos recentes